Fatalidade


Fatalidade

 
Olho através das janelas da casa
o que os olhos do corpo me permitem enxergar...
A imensidão do horizonte descortina-se diante de mim.
Escuto o silêncio cortado pelo sibilar uníssono de algumas árvores
Que balançam em cadência os seus galhos...
Ouço com atenção o canto dos pássaros...
Parecem orquestrados...
Parece um louvor...
Misto de tristeza e melancolia.
Na ebulição dos meus pensamentos...
Na concentração das minhas emoções contidas...
Olho agora através das janelas de minh'alma .
Sinto a dor imensa dos que choram...
A perda do que gerou para uma vida.
A perda do que foi construído para muitas vidas.
Um grito dentro de mim...
Ecoa e quer se fazer estrondoso...
Por quê? Ó Deus!
São dores diferentes ...
São laços que antes unidos e coesos
Parecem se desfazer...
O Tempo se encarregará de tudo.
O silêncio me invade...
A paz me absorve...
Ó Deus , sede misericordioso
Daí a eles a Tua Paz!

Escrito por Maria Claudete

 

 

 

 

 

8 comentários:

Sueli participou com o comentário número:

Meu Deus, amiga, o que aconteceu?... Estou preocupada. Você está bem, não está? Amo você, amiga-irmã! Beijos!

Marilu participou com o comentário número:

Querida amiga, tem vezes que uma tristeza, uma saudade, bate bem lá no fundo da alma. Talvez você esteja vivendo algo assim, mas amanhã é sempre um novo dia, e com ele temos a chance de ser felizes. Beijocas

Mai participou com o comentário número:

Claudete,

nestes momentos de dor,
silêncio e fé se conjugam gritando paz, amor e tolerância.


beijos, querida

AC participou com o comentário número:

Quando a dor nos toca, o coração fica inconsolável...
Minha amiga, pelas suas palavras nota-se que a dor é profunda. Não sei o que aconteceu, mas ficam as minhas simples palavras de solidariedade.

Um abraço

Chica participou com o comentário número:

Puxa, que triste,Claudete. Espero que esteja tudo bem contigo e que fiques bem.

Há coisas que não nos conformamos, não? Depois passa! beijos,chica

Ana Luiza F. participou com o comentário número:

Ai...ai... o que houve, irmã? Estou aqui com o coração apertadinho e, fiquei bem preocupada com o que li. Desculpa... mas me parece uma dor profunda e, se teu coração dói, aqui dói também o meu. Seja o que for, tens meu carinho e a força do meu pensamento querendo tudo de melhor. Qdo puder, dá notícias, tá? Bj grande. TE AMO MUITO!!!

Vieira Calado participou com o comentário número:

É o que todos precisamos, amiga!

PAZ!

Beijinhos

Majoli participou com o comentário número:

Minha doce irmã, senti uma dorzinha profunda ao te ler.
Espero em Deus que não seja nada grave.
Deus é misericordioso minha querida.
Ouvirá suas preces.
Um beijo enorme nesse teu lindo ♥
Deus a abençoe, sempre.

Postar um comentário

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...