Uma Nova Chance.



                                                                   foto arquivo pessoal

 ““ Poderia ter colocado ao término do título da postagem uma reticência, afinal, sempre na vida nos posicionamos no paradigma;” um raio não cai duas vezes no mesmo lugar”.
                            Os que me conhecem de perto sabem  que sou resistente e intempestiva  diante de assaltos ou coerção física .
                            Há exatos 10 anos após  um  assalto , mesmo com uma arma apontada para minha cabeça , eu dentro do carro permaneci   chamei por Deus  e desmaie sobre o volante . Saí ilesa, mas bastante repreendida pelo Delegado quando  fui fazer o B.O.
                             Entendo que diante de fatos que se desenrolaram em seguida, Deus havia me dado uma chance de continuar aqui, pois minha missão ainda não havia terminado.
                             Pois bem,   no dia 30 de maio  às 22:40h , após chegar do Centro de Evangelização Damas  onde participava do Terço Mariano, fui apanhar minha filha que faz Faculdade em Recife , numa parada de ônibus em frente à Faculdade de Odontologia de Pernambuco , localizada perpendicular à Rua onde moramos.
                           Como  há 20 dias havia ocorrido um assalto nas imediações,  à noite , redobrei minha atenção e cautela. Só que a agressão não veio de um assaltante e sim de um desvairado que em alta velocidade cortando os carros à sua frente entrou na contramão  em minha direção , simplesmente lembro que, literalmente,  paralisei!
                          As luzes altas dos faróis me ofuscaram, recordo que mentalmente  pedia que aquele louco parasse , eu não podia me deslocar para o lado direito , automóveis  vinham  atrás , neste horário é intenso o tráfego de veículos pela volta à Aldeia de Universitários e pessoas que trabalham em Recife.
                          Chamei por Deus e ele me atendeu, o antagonista conseguiu  parar o carro quase em frente ao meu , deu ré de imediato para pegar o outro lado da pista sendo quase atingido por carros que trafegavam na faixa.
                            No momento não senti nada, foi tudo tão rápido... Apenas não consegui dormir direito, não pelo ocorrido, mas refletindo como são preciosos cada minuto da nossa vida, como tudo é efêmero, como nos preocupamos à toa com coisas irrelevantes e, sobretudo, como somos dependentes do outro.
                         Com certeza  não sou mais a mesma , sei que se recebi esta nova chance de viver é porque algo mais ainda tenho que realizar , na minha família no meu entorno  . Ser mais amor, ser grata pela misericórdia gratuita de nosso Deus  - “ Pedi e recebereis”- para que esta e outras graças aconteçam na nossa vida teremos que  estar disponíveis .
                        Somente estamos  habilitados quando temos a humildade  de assumirmos  as nossas limitações  e seguirmos as regras impostas pela sociedade e por Deus .
                         É exatamente a permissividade nas transgressões que geram comportamentos  inequívocos e agressivos como o do condutor do carro que quase , por pouco, não me atingiu. Oremos por ele e por tantos outros fora da lei dos homens e de Deus.
                             Obrigada meu Deus por me dares esta Nova Chance!

Escrito por Maria Claudete F.H.Batista                 

10 comentários:

✿ chica participou com o comentário número:

Puxa,Claudete.Escapaste de um lado e o ataque veio de outro. Ainda bem que tudo acabou bem e que tiveste essa nova chance! Fé sempre! Força!! beijos,tuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

Ives participou com o comentário número:

São tantas formas de violência que ficamos traumatizados né, e agradecidos pela divina luz por mais uma chance! abração

Margarida Moraes participou com o comentário número:

Olá minha querida amiga ,estou muito feliz por você,porque deu tudo certo! E parabeniza-la por ser esta pessoa de DEUS ,sensível e grata .Muitos tem livramentos e nem percebem e nem agradecem.Você é especial e ainda tem muito que fazer e viajar comigo ,rsrsrs

Tetê participou com o comentário número:

Ufa! Deus nos tem na palma de Suas mãos! Te livrou de mais essa e, é com certeza, porque precisa de você para fazer o trabalho que Ele tem pra você por aqui! BJks e uma abençoada semana! Tetê

Anne Lieri participou com o comentário número:

Nossa, alguém lá em cima gosta mesmo de vc! Escapou por pouco! De fato a vida é muito fragil : um minuto estamos aqui e dali a pouco podemos não estar. Tb tive uma experiencia desse tipo e o que a gente sente é pura gratidão! Lindo e emocionante relato! bjs,

Isa Martins participou com o comentário número:

Oi Clau, que bom que terminou tudo bem, ainda não era sua hora. Ontem eu vindo do trabalho a noite perdi o ônibus como quase sempre por questão de minutos e tenho que esperar o outro no ponto por quase 20 minutos. No trajeto o ônibus parou pra recolher os passageiros do que eu havia perdido e tinha sido assaltado. Levaram bolsas, celulares etc, enfim...se eu estivesse nele teria sido assaltada também.
A vida é mesmo assim, nada acontece por acaso e se mantemos uma boa energia coisas ruins não se aproximam, é uma proteção natural dos que cultivam a confiança no melhor.
Nossa intuição, nossa divindade interna, sempre sabe o que vai acontecer antes mesmo de chegar a nós e sempre nos inspira a tomar as melhores atitudes.
Nem tudo é um mar de rosas e quando as coisas não vão bem de alguma forma é sinal de que não estamos fazendo as coisas de forma funcional e inteligente.
Um ótima terça feira pra você amiga, beijos

Denise participou com o comentário número:

Sua história é impressionante. Aconteceu algo parecido comigo, só que eu estava em uma estrada, era noite, meu marido dirigia, quando vi dois farois vindo em nossa direção. A noite e com a velocidade, ficamos nas dúvida do que está acontecendo. Falei a ele: nossa! parece que aquele carro vem em nossa direção. Foi o tempo dele mudar de pista e o carro passar. Foi um susto enorme! É como vc diz: a vida é efêmera. Que possamos aproveitar bem essa nova change. Muita paz!

Evanir participou com o comentário número:

Em primeiro lugar recordo você ,
que não estou podendo digitar.
Por isso vera em outros blogs a mesma mensagem
minha.
Eu ainda estou tentando me conformar
com tudo isso mais é uma tarefa nada fácil.
Dói muito quando ficamos fragilizados
dói o corpo e a alma.
Tento aceitar sempre com resignação
porém muitas vezes as coisas fogem
do nosso entendimento.
Que, Deus abençoe grandemente você pelo seu carinho e amizade.
Um final de semana feliz e abençoado.
Beijos no coração e eterno carinho.
Carinhosamente.
Evanir.

Carlos Medeiros participou com o comentário número:

Concordo plenamente com a sua afirmação, a da permissividade brasileira com as transgressões de todos os tipos aqui cometidas, isso só piora a situação, parece contribuir com o aumento da selvageria que temos presenciado na mídia. Só Deus mesmo para nos ajudar. Abraços.

Nanda participou com o comentário número:

Puxa, Clau - que susto! Ainda bem que ficou tudo bem. E é isso, a gente vive e nem sempre se dá conta de como tudo pode mudar num piscar de olhos. E é sempre bom darmos o devido valor aos pequenos gestos e atitudes. Beijos.

Postar um comentário

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...