A Culinária como Princípio do Cuidado "Receitas de Minha Mãe"

                                                                  Cremilda Vilaça Aragão
                             

                            Em 14 de novembro de 2013 fomos convocados, eu e Ivan , impossível não comparecer ao evento, para comemorar simultaneamente o aniversário de uma senhora extremamente querida e o lançamento do Livro em epígrafe,  escrito por sua filha   Rosemary Cassemiro  Aragão Albuquerque*
                            Para alguns poderia parecer apenas um evento social, entretanto nos deparamos com um ritual da filha para a mãe homenageada envolvendo todo o “Princípio do Cuidado”  desde à escolha do cardápio , decoração ambiental  até à musicalidade do violino que suavemente nos deliciava a todos os presente com  repertório que remetia ao passado toda história de amor , paixão, desvelo  e dedicação desta  grande mulher e mãe: Cremilda Vilaça Aragão.
                              O que poderia ser entendido como um  mero livro de receitas  nos revelou a grandiosidade da autora , que despojou-se da sua essência psico-pedagógica , campo que milita com êxito e respeito profissional entre seus congregados , nos premiando  com um documentário de vida na relação  mãe            e filha  permeado pelo “Principio do Cuidado” ,mostrando que é através da mãe que se doa como alimento  para os filhos “sob o manto da generosidade”(sic) que são  norteadas  as relações futuras que estabelecerão com todos os seres e as consequentes posturas que escolherão perante a vida.
                             O livro foi dado de  presente para os convidados amigos de longa data, um privilégio gratificante, que bem poderia ser editado para todos.
                              A maneira de através  da preparação do alimento envolvendo toda uma lição de vida baseada no amor  e educação dos filhos nos é mostrada de uma forma inusitada e irrestrita , amplitude que evidencia um novo olhar sobre todas as mães do mundo .
                              A leitura do livro foi emocionante, enquanto mãe   me vi também nas entrelinhas...Como tenho certeza qualquer mãe. Mérito da autora!
                               O despertar para esta realidade ratifica posturas e enriquece a retomada da verdadeira educação na família, simples assim, através da preparação do alimento.
                               Querida Rosemary, escolhi o Dia Internacional da Mulher para homenagear você, pela dedicação, reconhecimento e acolhimento e sua mãe Cremilda, querida amiga,  pela lição de vida exemplar para  sua família, ex alunos  e para os amigos que passaram pela sua vida. Conviver com  vocês é aprender sempre. Obrigada pela partilha dos seus sonhos que se tornaram realidade.
                                Que todas as Mulheres sejam homenageadas neste Dia  através do exemplo dignificante que é dado por vocês  nos caminhos que devem ser perseguidos pela Família, hoje tão  em decadência. Tive a graça de ter uma mãe como Cremilda, que sempre esteve presente no cuidado com nossa alimentação física e moral, já com quase 92 anos, a D.Celice, ainda lúcida, recebe com carinhos familiares e amigos com o desvelo no preparo do alimento como referencial da hospitalidade e do acolher na sua casa. Obrigada Minha Mãe, Grande Mulher!
                       O que aprendi com ela tento passar para minhas filha espirituais, como bem salientou Rosemary na sua dedicatória, que me fez chorar antes de ler o livro.



Escrito por Maria Claudete F.H.Batista

·      *   A autora é formada em psicologia com pós-graduação em psicologia hospitalar e educação especial onde atua há 28 anos nas áreas de políticas públicas, formação de recursos humanos, surdez e deficiência intelectual.

                                                                                                                                                      

13 comentários:

MARILENE participou com o comentário número:

A família sempre será um porto seguro e as mães as primeiras grandes mulheres que conhecemos em nossas vidas. Você homenageou lindamente sua amiga, em época apropriada, revelando, antes de tudo, os cuidados maternos no campo da alimentação, onde se lê alimento em sentido amplo e aplaudido. Bjs.

✿ chica participou com o comentário número:

Que maravilha de homenagem essa e o Princípio do Cuidado é de sempre ser levado em conta! Lindo ! Parabéns! beijos e parabéns pelo nosso dia! chica

Dorli participou com o comentário número:

Oi Claudete,
Adorei a sua homenagem.Os cuidados alimentares com a família é algo que somam amor+ responsabilidade. E você falou de mãe.
Deus não quis que eu fosse mãe, mas teimei com Ele e resolvi adotar qualquer criança que aparecesse, eu não iria escolher. Durante 4 anos fiz um lindo enxovalzinho e precisei esperar completar 35 anos para ser dentro da lei. Ele estava quase morto, cuidei dele sozinha, pois perdeu o pai aos 2 anos, só me casei novamente quando ele tinha 9 anos, ele é muito inteligente, amoroso, obediente conosco.
Eu louvo a Deus!
Beijos
Lua Singular
Tem banner dele do lado direito do design.

Carlos Hamilton participou com o comentário número:

Excelente post. Uma homenagem mais que merecida.

Abraços

Evanir participou com o comentário número:

Bom Dia e Boa Tarde..
Hoje tão somente hoje quero deixar de alguma forma meu
carinho a todos que sempre dedicou um dia de carinho para mim .
Meu desejo seria retribuir de alguma forma tudo que aprendi na vida e nos últimos anos
como um grito de amor nesse dia Internacional da Mulher.
Rogo a Deus por todos as mulheres que ainda sofre em todo o Mundo.
Pela falta de compreensão , discriminação pela raça , pela cor , pela classe social
pela mutilação .
Que nesse Dia você possa olhar para dentro de si mesmo e dar
graças a Deus pela vida ter sido generosa ,
pois a mim você sempre deu carinho afeto e companheirismo .
Quando estava prestes a desistir, lembrei-me.
Tinha a maior riqueza do mundo sua (Amizade)
Hoje deixo essa mensagem independente de ser amiga ou amigo.
Eu preciso muito da sua amizade e capacidade
de aceitar - me como sou quero sim
sua amizade esse sim é o presente que peço nesse Dia Internacional Da Mulher .
Com todo carinho saberei recompensar sua amizade com o mais puro amor
que existe dentro do meu coração.
Deixo nesse dia beijos no coração e afagos na Alma.
Deixei na postagem um mimo encontre o que você gostar é minha gratidão
por tudo que representa na minha vida.
Carinhosamente.Evanir.

Clau participou com o comentário número:

Oi Claudete!
Que livro interessante.
Certamente a leitura dessas páginas são enriquecedoras...
Um abraço e parabéns pelo nosso dia \o/

Silvana Haddad participou com o comentário número:

Claudete:
Você descreveu o evento tão magistralmente, que me senti lá, participando e degustando desse momento.
E ainda por cima, me deixou com água na boca e aguçou curiosidade pra ler o livro.
Parabéns pelo Dia da Mulher.
Bjs.:
Sil
http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/

Ailime participou com o comentário número:

Bom dia Clau, belíssimo documentário de amor! Fiquei muito emocionada, porque tudo o que envolve o amor familiar me toca muito.
Muito obrigada pelo seu exemplo de Mulher e Mãe bem demonstrado nesta extraordinária partilha e quero agradecer-lhe também as suas palavras que deixou no meu cantinho. Como disse Madre Teresa "As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável»! Um beijinho com muito carinho e o meu bem-haja.. Ailime

Sueli participou com o comentário número:

Linda homenagem, amiga. De uma grande mulher para outra grande mulher. Beijo grande!

Bia Hain participou com o comentário número:

Claudete, texto lindo e bela homenagem! Cozinho desde os sete anos de idade e sempre vi o ato como um gesto de amor. Quando adolescente os amigos da minha filha começaram a vir aqui em casa e eu passei a ter o prazer de fazer lanches à tarde para eles também... a culinária agrega, aproxima. Parabéns à escritora. o livro parece mesmo ser muito bom! Um abraço!

Luma Rosa participou com o comentário número:

Oi, Claudete!
Fiquei curiosa com o livro, pois sou admiradora das mulheres que doam suas vidas pela construção do lar - Alimentar é a forma mais natural de demonstrar carinho, além de agasalhar. Não à toa que as mães sempre nos perguntam se estamos com fome quando chegamos em casa ou dizem para levarmos o casaco quando saímos em dias frios.
Parabéns também à você por nos proporcionar indiretamente a reflexão sobre o nosso papel perante nossos rebentos! :)
Beijus,

Orvalho do Céu participou com o comentário número:

Olá, querida Claudete
Sempre acreditei que, pela partilha do alimento, se dá amor junto...
Parabéns pela linda postagem no Laços...
Bjm fraterno

Anônimo participou com o comentário número:

Mas ficamos emocionadas e honradíssimas, eu e minha mãe, pela homenagem que você nos prestou ! ~Você viveu conosco alegria daquele dia de festa. Festa pelo livro, festa de gratidão à minha mãe, por reunir e rever amigos de toda uma vida, festa de receber e dar carinho e reconhecimentos. foi como você bem disse, " um compartilhar de sonhos" e quando se compartilha sonhos, se compartilha generosidade e afeto. Quando escrevi o livro tive duas intenções: reconhecer a grandiosidade e importância de minha mãe para nossa família e para muitas pessoas e a de despertar os leitores para o princípio do cuidado e a qualidade das relações pessoais que vivemos hoje em dia, sabendo que todas as outras relações surgem a partir das experiências familiares. Hoje, tenho grande alegria em saber q. o livro atingiu minhas expectativas, que pessoas como você, me dão retornos maravilhosos! Se que você se identificou muito como livro, mas quem lhe conhece, quem conhece suas lutas, percalços, vitória e fé, há de concordar comigo, a emblemática representante do Dia da Mulher é você! Então aceite também esse reconhecimento com nossas reverências !!! Bj. Grande, Rosemary e Cremilda.

Postar um comentário

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...