Oscilação








A esvair-me estou...
Oscilante pulsa o sangue nas minhas  veias,
Diminui a intensidade latejante.
De repente um misto de angustia crescente...
De soslaio, à espreita, todo um  estupor me invade
O pulsar latejante do sangue circulante retorna
Para onde vão minhas emoções?
Por onde vagueiam perscrutadores meus anseios...
No topo da montanha vislumbro o Sol
De um  passado Verão...
Do Inverno que vivi restou as nuvens esmaecidas pelo tempo.
Da Primavera soçobraram  flores que já perderam o brilho ...
Neste Outono  onde transito movida pelo tempo e pela razão
Viajante  lenta acendo a lanterna da ilusão.
Amenizo o plainar das minhas asas.
Retorno com langor  do passado que ficou no topo.
Alcanço a base da minha montanha...
Agora é aqui que estão meus anseios,
É Aqui, agora,  que estão minhas emoções.

ESCRITO POR MARIA CLAUDETE

7 comentários:

AC participou com o comentário número:

No fundo, Claudete, a vida é oscilação constante.
O seu poema agradou-me deveras.

Beijo :)

Nanda participou com o comentário número:

Clau, obrigada por abrir a opção nome/blog nos comentários. Te mandei email, pois não conseguia comentar, mas acho que não viu. Daí, pedi socorro ao Carlos. Assim que der, também atualizo o link na caverna. beijos e bom final de semana.

ONG ALERTA participou com o comentário número:

Cada estação nos leva a um sentimento...beijo Lisette.

Sueli participou com o comentário número:

É isso que dá ser feita de emoção e ter sangue inquieto. Ainda bem que existem as asas, para lhe tirar do chão, de vez em quando... Beijo grande, amiga!

Socorro Melo participou com o comentário número:

Oi, Claudete!

As lembranças do passado sempre nos trazem melancolia... E qual de nós não oscila em suas emoções? Importa voltar a base da montanha, e saber que ali, no presente, encontra-se a vida que pulsa, em forma de anseios, de sonhos e de realizações.

Beijos
Socorro Melo

Marilu participou com o comentário número:

Querida amiga,
Mãe
Teus braços sempre se abrem quando teu filho precisa de um abraço.
Teu coração sabe compreender quando teu filho precisa uma amiga.
Teus olhos sensíveis se endurecem quando eles precisam uma lição.
Tua força e teu amor os guiaram pela vida e lhe deram as asas para
que eles pudessem voar.
Feliz Dias das Mães. Beijocas

Dri Andrade participou com o comentário número:

Amiga vc esta uma viajante de primeira. Amo muito tudo isso. Aproveita mesmo e depois vamos trocar umas figurinhas

tenho texto novo
beijossss com amor grande

Postar um comentário

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...