Porto da Solidão

                                

                                  É noite... No dia que se foi, mas que é o mesmo.
                                 É noite... Momento que sucede o que passou.
                                 É noite... Descanso para minha caminhada.
                                É noite... Alcanço a paz desejada.
                                É noite... Recolhimento para minh’alma
                                Desnuda-me, noite!
                                Devora-me por inteiro.
                               Mergulhar na tua imensidão.
                               Embriagar-me de tua calma.
                               Envolver-me com ternura  .
                              Tu e Eu ancoramos no porto.
                              Dividimos nossa  solidão.    

Autoria de Maria Claudete F.H.Batista                                                        
                                
                          .
                                           

23 comentários:

Ives participou com o comentário número:

Linda e querida noite! abraços

AC participou com o comentário número:

Um porto que nos permite estar mais com nós mesmos...
Gostei, Claudete!

Beijo :)

♫*Isa Mar participou com o comentário número:

A noite e seus mistérios, lindo poema Clau
Uma ótima semana pra ti e parabéns pelo dia do Escritor ontem, afinal do nosso jeito escrevemos né?
Beijos pra ti!

Majoli participou com o comentário número:

Amei minha querida amiga.
Um relaxar junto a noite, dividindo solidão.
Lindo!!

Beijos no teu coração.

Sueli participou com o comentário número:

Quando a noite torna-se a companhia que nos resta, o que nos resta é darmo-nos muito bem com ela... né, não? Beijo grande, irmã!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) participou com o comentário número:

Solidão... só se for a dois. Beijos e parabéns,Claudete.

Tatiana participou com o comentário número:

Oi Claudete!!!
Desculpe o sumiço amiga!!!
Eu amo a noite....me reenergizo, mas gosto da paz da noite, nao da loucura la fora.
Gosto do silencio, daquela boa deitada na cama depois de um longo dia, do abraço do maridao....
Arrasou no poema!!!
Bjks!!

Orvalho do Céu participou com o comentário número:

Olá, querida
Em primeiro lugar, agradecendo, com carinho, os votos bons de um feliz níver:

"A felicidade

É como a gota de orvalho"...

Foi um dia abençoado e feliz!!!

Será que a noite foi criada para acalentar os escritores??? Creio que sim!!!
Bjs ainda festivos

Nel Santos participou com o comentário número:

A noite tem muitos mistérios... às vezes, provoca medo...entretanto para outros é muito esperada...

Que sejam agradáveis as suas noites!

Beijos!

Orvalho do Céu participou com o comentário número:

Olá, querida
Em primeiro lugar, agradecendo, com carinho, os votos bons de um feliz níver:

"A felicidade

É como a gota de orvalho"...

Foi um dia abençoado e feliz!!!

Dividir solidão... compartilhar... deixar de ser solidão, pois!!!
Bjs ainda festivos

ONG ALERTA participou com o comentário número:

Lindo para se pensar...
Beijo Lisette

C. participou com o comentário número:
Este comentário foi removido pelo autor.
C. participou com o comentário número:

Tao doce você, nos seus comentários lá no CaFoFo... "ouvir" tudo aquilo é um lisonjeio, obrigada! Me refiro ao "Olá menina bonita e inteligente, rs, não adianta vou sempre te vê assim! É delicioso sempre te visitar , você cutuca com arte , a cabeça e o corpo da gente."

Além de gostar da noite também, sou meio notívaga. Sao as noites que me inspiram, e como diz uma amiga "os anjos te visitam à noite trazendo sua inspiracao".
Pelo jeito nao é só à mim...

Pode ser prolixa o quanto quiser nas "minhas bandas", sua boba rs

Vieira Calado participou com o comentário número:

Mas... é na noite que começa o dia!


Bjsss

Cadinho RoCo participou com o comentário número:

Da noite de cada noite sonhos, sonhos e mais sonhos.
Cadinho RoCo

MEUS POEMAS participou com o comentário número:

Oi Clau, vc é mesmo um doce de pessoa, me sensibilizou muito, obrigada minha linda amiga!
Para mim, é uma grande honra ser homenageada em seu blog, tão lindo que é, e com tantas feras por aqui!
Um grande bjo amiga e mais uma vez, obrigada!
Gena

C. participou com o comentário número:

Ahhhhh Claudete, enquanto tiver pessoas como você, que instigam, respondem aos "devaneios" eu continuo na empreitada.
Tenho certeza que você tem feeling o suficiente pra saber como caminhará em suas "vias" e elas serão muito bem percorridas, além de que atrairá "borboletas da liberdade" cada vez mais, cada vez que se interpôr com sua percepção afiada e olhos de lince.

Um beijao, e obrigada queridona!

Wanderley Elian Lima participou com o comentário número:

Olá Claudete
Obrigado pelo carinho de sempre.
Bjux

✿ chica participou com o comentário número:

Um lugar onde o silêncio faz bem...beijos,chica

Sonia Pallone participou com o comentário número:

Pra você minha querida, o eco de milhões de aplausos...Beijos no coração.

Everson Russo participou com o comentário número:

Um belo sábado pra ti minha amiga,,,carinhoso beijo de paz e poesia...

GUIOMAR participou com o comentário número:

Que nunca te falte: A estrada que te leva e a força que te levanta. O amor que te humaniza e a razão que te equilibra. O pão de todo dia e o verso de cada poema..!!!

Ronaldo Honorio participou com o comentário número:

O porto..
Fiquei a pensar nos seus últimos versos aqui.
Não pode estar além, tem de estar preenchido por esse "nós", com a presença de quem não pode se lançar ao horizonte sozinho. Solidão, NÃO. Precismos nos completar, é preciso sentir e assumir que somos partes. O amor toca delicadamente essa nossa "verve" e então é isso, Claudete, dividimos a solidão...
Tocou-me. Muito belo.

Postar um comentário

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...