Dilema

Se na solidão eu encontro a paz almejada
Na multidão dispersa na solidão
Busco minha inspiração.
Por lugares nunca antes vislumbrados
meus olhos do corpo e da mente
dissociados por um instante ,
sorrateiros e flamejantes no restante,
extasiam-se diante do escondido
brilho e entusiasmo da multidão delirante.
É o paradoxo do eu se interpondo ao ego.
Quero ser solidão ou transmutar-me em multidão?

Escrito por Maria Claudete

7 comentários:

Ricardo Calmon participou com o comentário número:

Belo texto em post esse Claudete,por vc emanado,assim como mui lindo o que comentastes!
Para me conhecer mais um pouco,acesse o "Blog do Mensageiro" e pesquise "heróis anonimos ricardo calmon ,o post!

um bom fim de semana

bzuzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Ronaldo Honorio participou com o comentário número:

Oi, Claudete... Sumi não, eu estou com problemas comunicação, sem net em casa...
Claudete, texto lindo. A questão nas linhas finais ecoam em cada íntimo. Resposta difícil, dependendo de cada marca que trazemos ou dos resultados de relações que vivemos...
Bom que todos vivéssemos numa harmônica coletividade, mas como? Tantas diversidades, contradições,preconceitos. Eu pensava dias atrás se a individualidade de alguns, em meio a uma coletividade superficial, não seria um "evento sociológico" que iria fazer o diferencial da busca, do aperfeiçoamento humano (talvez eu estivesse apenas querendo justificar ou atenuar com isso o fardo de ser solitário)... Mas ainda assim, sabendo que não estar só seria melhor, busco na solidão a reflexão para ainda ter mais alegrias em coletividades... Não é fácil.
Belo texto, Claudete.

Anita "Menina Flor" participou com o comentário número:

Oi Claudete, amiga querida, lindo texto, às vezes precisamos nos isolar pra depois correr pra multidão. Olha, ficou muito bom esse novo layout. Ótima semana. Bjussssss

Sueli participou com o comentário número:

Amiga, só sei que solidão é um estado da alma. Esteja ela onde estiver, só ou com a multidão, se for uma alma solitária, estará na solidão. É a tal diferença entre estar só e ser solitário... né, não? (No Fenixando estou recomendando um blog e peço que você dê uma forcinha, para uma amiga que está começando, tá?)Beijos!!!

João Videira Santos participou com o comentário número:

São diversos os sentidos que capto neste poema...De qualquer forma as palavras erguem-se e unem-se na harmonia de quem as sente e as deixa na leitura de quem a visita.Gostei. Beijo

RESILIÊNCIA participou com o comentário número:

Poetisa Claudete

Na solidão ou na multidão, tenho certeza que continuará sendo você mesma... com amor. um grande abraço.

a magia da noite participou com o comentário número:

é por vezes na solidão de nós que descobrimos os caminhos para a alma dos outros.

Postar um comentário

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...