04 dezembro 2012

Script Momentâneo.


                                            


                        Ultimamente a tristeza tem querido ser minha companheira, resolvi  perguntar  a                       mim mesma:
                    - Que queres? Por que estás a perseguir-me? Fechei os olhos do portal físico e abri as janelas da minha alma:

                         Meu coração em aflição...
                         Haviam razões ainda não detectadas.
                        Ansiedade inexplicável...
                        Urgências prementes não resolvidas.
                       Soa o alarme...
                       Era quase madrugada.
                       O telefone insistente tocava...
                        A razão  enfim manifestada.
                        Veio o encontro...
                         Sandices verborrágicas pronunciadas.
                        Convencer da existência de Deus...
                        A quem se acha deus? Como?
                        Ansiedade explicada...
                        Urgência exaurida.
                       Não se convence quem é Nada...
                       Do Nada.
                       Buscando  cada um sua essência...
                       Feedback é dado.
                      Senhor a paciência dos monges,
                       Senhor a coragem dos fortes,
                       Senhor a fortaleza dos sensatos,
                       Dai-me Senhor!
                       Mais um dia...
                       É longa a jornada...
                      É gratificante a chegada.

Escrito por Maria Claudete F.H.Batista
                      

                      
                       

13 comentários:

  1. Lindo poema e angústia, aplacadas com a conversa com a alma que tudo mostra e faz ver claramente...beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Minha querida

    Por vezes temos que ir ao mais profundo de nós para nos encontrar-mos e ficar-mos em paz com a outra que vive em todos nós.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. Demonstrada a força na superação, em vozes procuradas pelo ser sedoso por água! linda poesia, abraços

    ResponderExcluir
  4. querida claudete,que lindo e verdadeiro texto
    parabens pela exente post saudades de voce querida
    desejo muita paz e alerias a voce meu carinho sempre marlene

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Claudete, mto especial a mensagem contida no seu texto!! Adoro passar por aqui..é sempre mto edificante!! boa semana =*

    ResponderExcluir
  6. Escreves com alma e eu amo ler.

    Desejo, de coração, que estejas bem.

    Meu carinho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Minha querida Claudete,

    Delicado e doce, ardente e apaixonado, teu poema encanta e prende...muito envolvente e mágico.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida amiga Claudete
    Obrigada por ter-me visitado na minha longa ausência...
    A coragem dos fortes... Bra-vo!!!
    Tem convite pra vc amanhã e dia 10...
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Felizmente certos são passageiros. Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida amiga Claudete
    Em primeiro lugar, quero agradecer por ter aceito o meu convite para participar da III Blogagem Coletiva de Natal...
    Já está listada e linkada no meu blog...
    Deus te cumule com muitas alegrias e, de uma forma toda especial, as espirituais...
    Felizmente a tristeza passa logo e, depressa, vem a Alegria visitar-nos para um novo tempo feliz...
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Claudete
    Passo, com calma, bem antes da data, para desejar-lhe, com carinho fraterno, que vc tenha Boas Festas neste fim de ano!!!
    "A felicidade é com a gota de orvalho numa pétala de flor, brilha tranquila, depois que leve oscila e cai como a lágrima de amor".
    Que vc seja muito abençoada e feliz!!!
    Bjs de Boas festas

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga,

    O céu se iluminou,
    a estrela apareceu,
    os anjos entoaram louvores,
    nasceu o filho de Deus.

    Numa gruta em Belém,
    veio ao mundo o Salvador,
    trazendo em suas mãozinhas,
    verdade, paz e amor.

    Seu bercinho foi uma
    manjedoura,
    pobrezinha e frugal,
    que as bençãos do Deus menino
    se renovem neste Natal.

    Desejo a você e a todos aqueles que mais ama, um
    lindo e abençoado Feliz Natal. Beijocas

    ResponderExcluir

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...