11 setembro 2019

Poema da descoberta...





É tarde, sentada à espera
Sou motivada a fazer algo
Por que não bisbilhotar?
Eis que me vejo fazendo descobertas...
Fico feliz! Tão pouco para muitos...
Tampouco me importo!
Consegui fazer uma postagem pelo celular...
E aí penso ,  podemos sentir felicidade com qualquer coisa que   seja superação!
E assim redescubro a Temperança latente ...
Sim, todas as coisas, atitudes , por pequenas que sejam
se me fez sair da inércia, são bem vindas!


(Poema de uma tarde esperando na sala de um Consultório).

escrito por maria claudete

9 comentários:

  1. Aplaudindo daqui! Lindo poema surgido num local nada poético,né? Adorei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde de paz, querida amiga Claudete!
    Muito linda sua poesia e deve investir nesse tom tão suave com que o Espírito lhe inspira. Vai deleitar seus leitores amigos como fez comigo agora.
    Tenha uma tarde feliz e abençoada!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela força andava precisando vencer a preguiça de retornar ao Vias Percorridas.bjs flor.

      Excluir
  3. Poema terno, sensível e profundo!
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  4. Que maravilha no descobrir-se Claudete.
    Lindo amiga e que venham mais e mais desta telinha.
    Poesia é assim, se vem a abraçamos seja num celular, num papel de enrolar pão,num bloquinho de anotação. O lindo é dar asas à esta emoção que vem sem avisar e canta.
    Gostei amiga.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Vindo de você , cativa meu coração.bjs

    ResponderExcluir
  6. As 'pequenas coisas' tendem a ser as mais importantes!
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir

É importante seu comentário, somente acrescenta.
Que seu dia seja pleno de realizações e Amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...